O desserviço da adaptação – Cavaleiros do Zodíaco do Netflix


O anime Cavaleiros do Zodíaco (CDZ) veio quebrar alguns paradigmas para a época. Por exemplo, os caras não lutavam por si mesmos, por honra própria ou coisas assim, mas pela deusa Atena, a Saori, que não era uma garota a ser conquistada, mas sim uma deusa poderosa que escolhia salvar a Terra e enviar seus combatentes para a frente do conflito. Além dela, as Amazonas (“cavaleiras”) eram exemplo de força e persistência, além de sabedoria, como a Shina, Marin, June e etc. que lutavam tanto quanto os “cavaleiros homens”.

O momento em que não estamos


Vivemos o momento em que um babaca é mito, qualquer pintura de cabelo torna uma pessoa “maravilhosa”, e que falar gritando sobre qualquer pseudocausa é “ter atitude” e ser foda!

O inferno não existe! – Parte 1 – O lugar vazio


Simples assim este título, claro e prático. Entretanto, toda afirmação categórica exige um pensamento que a postula e a baseia de maneira que uma frase simples condensa um sentido maior. Apenas para completar o pensamento, dentro de uma teologia cristã, o inferno “institucional” não existe, e a questão do suposto “julgamento final” (no além para alguns e em vida, dizem, a outros) será o ápice do livre arbítrio a meu ver.

Atualidades


Só eu estou desejando que o encontro entre as duas Coreias resulte numa baita aliança contra o Trump? Daí eles chamam os chineses, fazem acordo com os japoneses e a gente finalmente vai ver uma guerra boa, com os marines, samurais, Kung Fu e muito mais. _____ Todo mundo sabe que a treta entre o … Continuar lendo Atualidades