Humor sagaz, sexo, e uma dose chocante de realidade e verdade compõem esse homem conquistador. Você pode odiá-lo, mas saiba que seu desejo é viver os prazeres de hoje acima de tudo. Caso se apaixone… bem, é por sua conta e risco. Ele já anunciou: é um Cafajeste e não se envergonha disso!

Arthur é um Bon Vivant da modernidade. Gosta de uma vida boêmia noturna, que fica oculta pelo seu cotidiano tocando uma agência de Relações Públicas. Nas noites quentes da cidade de São Paulo, com seus dois amigos, Rafael e Alberto, Arthur vive as delícias lícitas e proibidas que surgem logo depois que o sol se põe na paisagem urbana, repleta de mulheres.

No fim do ano, algumas novidades surgem para fervilhar a vida e reflexões desse homem: uma virgem com mais de 30 anos, a secretária interessante de seu cliente, uma antiga amiga de escola, e até uma prostituta apaixonada (isso é possível?) são figuras que vêm compor o dezembro deste camaleão social.

Será que alguma dessas mulheres e os acontecimentos recentes com Rafael e Alberto vão mudar o coração deste homem? Ou ele seguirá entre amigos, bares e histórias que tiram suspiros, risadas e olhares insinuantes?

Quer conhecer mais sobre essa história e ler a prévia? Então, clique aqui!

Uma dica especial: criei uma playlist no Spotify com as canções citadas ao longo do livro e que se conctam com a história, Red Hot Chili Peppers em sua maioria. Confira aqui!

O livro está disponível na http://www.amazon.com.br

Sobre o autor

Renan De Simone (vulgo eu) é paulistano, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e especialista em Semiótica Psicanalítica – Clínica da Cultura pela PUC-SP, mas nada disso importa se você não gostar de mim, né?

Sou também repórter, consultor em Comunicação e articulista da área, além de escritor, contista e cronista (e gostaria de adicionar comediante de stand up, roteirista, diretor de cinema e ator ao currículo, mas ainda não posso). Para quem se importa com isso, nasci em 19 de março de 1987 e sou do signo de Peixes, informação que só faz sentido para saber qual armadura dos Cavaleiros do Zodíaco eu teria.

Aos 16 anos, ainda na escola, escrevi meu primeiro romance, A Elite, publicado em 2011 pela Giostri Editora. Em 2012, lancei o Memórias de um Universitário e, em 2014, o livro Divindades, todos pela mesma editora. Em 2015, foi a vez de O Destino de Anita: Vidas em intersecção ser publicado pela Amazon.

Como você vai perceber, se quiser fazer a matemática, eu demorei bastante para publicar meus três primeiros livros, o primeiro, que escrevi em 2003, só saiu 8 anos depois, por exemplo.

Comecei a escrever histórias aos 13 anos de idade (antes disso, só poemas para dramatizar e tentar beijar garotas, mas não deu certo), sou um adorador de literatura, cinema e outras artes. Caso queira conhecer um pouco mais dos meus textos, trabalho ou apenas dar um alô e fazer um comentário, você pode navegar aqui pelo site, em especial na área de blog, meu grande laboratório de contos e crônicas.

CAFAJESTE é meu quinto romance publicado e tive a ideia da história em 2005, mas só consegui sentar e escrevê-lo em 2020 (viva a quarentena do coronavírus), e ele saiu em 14 dias, porque já estava esperando muito. Espero que leia (ajude a divulgar, se curtir) e que goste do resultado que transita entre reflexões sérias, humor ácido, absurdo e bobagens.

Caso queira compartilhar ideias, opiniões, dar sugestões, elogiar (eu adoraria isso) ou simplesmente mandar uma ofensa, você pode me achar no Facebook, Instagram ou deixar seu comentário aqui no site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s