Tique-taque pra ela

DSC_8041_pb_pqTique-taque, ponteiro corre, pêndulo balança

Corre a vida, gira o sol, vem a lua branca

Aquela eterna dança

E ela segue com a feição franca

 

Tique-taque, ponteiro corre, vira o dia

Amanhece, abre o olho, agradece a vida

Tudo se altera, às vezes muda o caminho que seguia

Cada retorno é também nova ida

 

Tique-taque, ponteiro corre, ela conquista

Pessoas, coisas e tudo o mais

É garota e mulher, essa coisa mista

É ilha, oceano, onda e cais

 

Tique-taque, ponteiro corre, lá vai de novo

Levanta com sorriso apesar do cansaço

Batalha, luta, enfrenta o povo

Mas é toda doçura no trato, é mel e melaço

 

Tique-taque, ponteiro corre, e aí gargalha

Bons momentos são intensos e pra memória

Claro que todos temos falhas

Mas por todo bem que vive, dá a Deus toda Glória

 

Tique-taque, ponteiro corre, tem medo de morrer

Porque a vida é difícil e todo mundo sabe

Mas prefere enfrentar, lutar e correr

A ver que tudo isso se acabe

 

Tique-taque, ponteiro corre, sorri como o alvorecer

Ilumina a vida de quem está ao lado

Faz a batalha valer

Alivia o fardo

 

Tique-taque, ponteiro corre, quero pra mim

Porque faz bem,

O amor que a gente tem

Simples assim

 

Tique-taque, ponteiro corre, a epopeia acontece

Os anos passam a história vem

Mas ela não envelhece

Ou melhor, não aparenta a idade que tem

 

Tique-taque, ponteiro corre, fica experiente sem marcas

Sorriso de menina, é toda bela e sã

Navegou muitas barcas

E há quem diga que a própria filha é irmã

 

Tique-taque, ponteiro corre, pêndulo balança

Desliza pela vida, merece corolário

Pois abraça com calor, beija com perseverança

Se move com graça, por onde passa não deixa solitários

E toda essa história e texto que não cansa

Era só pra desejar a ela um feliz aniversário

 

E pode bater sino, relógio e passar as eras

Que venha a velhice e o que for, pois a companhia é alento

Seja em meio aos mansos ou às feras

Eu te amo e bora viver o momento!

 

Porque se o tique-taque do relógio é incessante

E o ponteiro corre ligeiro

É “o jeito de Dessa” que me atrai como amante

E o sorriso de menina que me arrebata por inteiro

 

Clique feito por Adam Tavares

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma doação única

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$10,00
R$50,00
R$5,00
R$15,00
R$50,00
R$5,00
R$15,00
R$50,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Publicado por

RDS

Jornalista, escritor, metido a poeta e comediante. Adorador de filmes e livros, quem sabe um filósofo desocupado. Romântico incorrigível. Um menino que começou a ter barba. Filho de italianos, mas brasileiro. Emotivo, sarcástico e crítico, mas só às vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s