Precisamos falar sobre 13rw – e sobre mim mesmo e todos vocês – Parte 10

Por que falar sobre 13 Reasons Why?

562274.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Decidi citar a série, falar de suicídio, de mim mesmo e da sensação de muitas pessoas que conversam comigo por ler algumas críticas à produção.

Muitas pessoas criticaram a série por abordar o tema do suicídio adolescente e disseram que, mesmo que ela trate de questões importantes como bullying, estupro, etc., isso não valeria a pena, uma vez que ela “glorifica” o suicídio, o que influenciaria na direção do ato.

Essa onda é conhecida como Efeito Werther. Só para ser conciso, no livro de Goethe, “Os sofrimentos do jovem Werther”, o personagem sofre pra cacete por um amor meio que proibido e decide encerrar a própria vida. O livro é bom, já li e, por incrível que pareça, o que se destaca não é a questão do suicídio, mas o estilo, escrito como se fossem diversas cartas. Inclusive, algumas frases maravilhosas ficaram marcadas para mim deste livro, como “rio de meu próprio coração… e faço-lhe todas as vontades” – ela é genial (“rio” de rir, nada de água… só se você rir muito).

Entretanto, ao livro foi atribuída uma grande onda de suicídio por mexer com o tema.

Que me desculpem os que discordam, mas, sinceramente, vale a pena a série tratar o tema, sim, até porque, ao assisti-la, muito mais sensações boas do que ruins vieram à tona – pelo menos em mim – e ela é uma oportunidade de abrir o diálogo, olhar para o lado e falar “tá vendo, às vezes eu me sinto assim”, “sério? Eu não sabia, me fale mais…”.

Culpar a série por um suicídio é o mesmo que culpar uma canção de amor pela sua paixão que pode ter dado errado. A ideia é a mesma: a arte pode até intensificar um sentimento, mas ela não o produz, ela normalmente representa e encontra em você conexão com algo que já estava ali.

Na verdade, acho que dizer o indizível faz da arte uma porta para abertura de diálogos muitas vezes. Pense nisso.

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma doação única

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$10,00
R$50,00
R$5,00
R$15,00
R$50,00
R$5,00
R$15,00
R$50,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Publicado por

RDS

Jornalista, escritor, metido a poeta e comediante. Adorador de filmes e livros, quem sabe um filósofo desocupado. Romântico incorrigível. Um menino que começou a ter barba. Filho de italianos, mas brasileiro. Emotivo, sarcástico e crítico, mas só às vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s