Rode, ria, viva

IMG_20150312_153559559Acho que a vida começou a ficar difícil quando eu parei de rodar. É, sabe quando você é criança e vai para o quintal e, sem precisar de nenhum motivo, começa a rodar? Isso.

E não basta dar umas voltas, você precisa perder um pouco a noção e deixar seu labirinto louco.

Depois de adultos, nós tentamos diversas táticas para continuar rodando. Beber é uma das principais, mas eu posso jurar que nenhuma é tão eficiente quanto liberar seu corpo um pouco sem se importar com a roupa, maquiagem, cabelo ou cara. Apenas girar!

Quando a vida ficar difícil, mesmo sendo adulto, vá para o quintal, garagem, lavanderia ou qualquer outro local com espaço e rode, gire muito, até perder a noção de espaço, sentido ou direção. E, quando não aguentar mais, vá diminuindo o ritmo e pare, cambaleie para perto de uma parede, encoste suas costas e “escorra” por ela até sentar no chão, rindo de si mesmo enquanto é o mundo que gira.

Isso salva a vida!

Publicado por

RDS

Jornalista, escritor, metido a poeta e comediante. Adorador de filmes e livros, quem sabe um filósofo desocupado. Romântico incorrigível. Um menino que começou a ter barba. Filho de italianos, mas brasileiro. Emotivo, sarcástico e crítico, mas só às vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s